Jardim Vertical indoor

Dicas para montar um Jardim Vertical em casa

Montar um Jardim Vertical dentro de casa é uma excelente ideia para pessoas que não possuem muito espaço ou mesmo para aquelas que querem um pouco mais de verde em casa.

Um jardim vertical fica pendurado na parede (ou encostado em uma) e empilha as plantas, para que você possa encaixar várias em um só espaço. Com isso maximiza a vegetação e até mesmo torna um pouco mais fácil regar as plantas.

Isso faz com que os jardins verticais sejam uma das principais tendências de plantas e jardinagem no momento – o interesse por jardins verticais aumentou 287% em 2018, de acordo com o relatório das 100 principais tendências do Pinterest para 2019 – e as ideias de jardins verticais são realmente viáveis em casa.

Eles não exigem ferramentas de jardim muito sofisticadas ou plantas especiais – você pode comprar plantas online para encher seu jardim.

Nem custam uma fortuna, embora, claro, isso dependa do tipo de moldura vertical do jardim que você escolher.

Dito isso, começar a criar um jardim vertical pode ser um pouco assustador; há muito a considerar. Com essas etapas e ideias simples, você pode configurar uma parede verde que dará vida ao seu espaço de uma forma grande, sem muita angústia de sua parte.

1.Decida o tipo de jardim vertical

Existem muitas variedades diferentes de jardins verticais para escolher. Uma opção fácil é um jardim em formato de contêiner, o que significa que os vasos de plantas são fixados na parede ou exibidos em fileiras, ou os vasos são empilhados.

Outro é um jardim de bolso, com plantas enfiadas em bolsos feitos de feltro ou tela. Os jardins verticais também podem ser cultivados em um grande vaso de parede de plástico ou madeira com ranhuras ou painéis, ou em paletes de transporte de madeira reciclada – para esses sistemas, o solo é menos contido, então a malha de arame é ocasionalmente usada para evitar que o conteúdo se espalhe.

Com pallet de madeira para um jardim vertical faça você mesmo, o tecido para paisagismo é grampeado na parte de trás, na parte inferior e nas laterais do pallet. O interior do pallet é totalmente preenchido com solo e as plantas são cultivadas nas aberturas das ripas.

2. Pense e planeje bem o posicionamento do seu jardim vertical

Um jardim vertical pode ir a qualquer lugar – dentro ou fora de casa. Deixe o tipo de exposição solar que as plantas precisarão determinar onde você colocará o jardim.

Por exemplo, se você está planejando incluir plantas suculentas (como cactos) escolha um espaço que tenha “meia-exposição”, em vez de a plena sombra ou pleno sol.

Alguns dos contêineres disponíveis são modulares para que você possa pendurá-los do lado de fora no verão e trazê-los para dentro durante o inverno.

3.Escolha bem as espécies de plantas

Além de suculentas, você pode experimentar o cultivo de ervas, vegetais, variedades como filodendro, perenes nativas (plantas ou flores que são cultivadas naturalmente em certas regiões) e samambaias.

Você deve estar ciente da “flexibilidade” dessas plantas, já que você as está cultivando verticalmente.

Sugerimos tentar plantas herbáceas mais do que lenhosas, porque as espécies herbáceas são um pouco mais flexíveis na forma como caem.

Plantas como árvores, arbustos ou videiras têm caules rígidos de madeira, então eles crescerão paralelos ao chão e se projetarão em vez de fluir para baixo.

Por outro lado, as plantas herbáceas, como flores e samambaias, têm caules verdes e macios, então eles se inclinam para um efeito bonito de arrastamento.

4. Respeite os hábitos das plantas ao montar seu jardim vertical

Em geral, você vai querer escolher plantas com sol ou sombra. Você também quer usar aqueles que têm a mesma taxa de crescimento.

Digamos que você coloque um de crescimento lento ao lado de outro de crescimento mais rápido; o tipo mais agressivo vai assumir e obscurecer o outro.

Isso pode acabar matado algumas das plantas. Além de prejudicar o efeito estético do seu jardim vertical.

5. Comece com o básico de plantio

Use solo de envasamento – isso é fundamental! Jardins verticais secam rapidamente, assim como os vasos. O solo de envasamento ajuda a reter a água e a manter a umidade.

Outro fator importante é a gravidade, que puxa a água para baixo. As plantas que não precisam de tanta água são recomendadas para a parte superior do jardim, pois essa parte seca rapidamente.

Coloque os mais adequados para condições mais úmidas na parte inferior do sistema.

6. Prepare-se antes para montar o seu jardim Vertical

Quando você estiver usando um pallet de madeira ou contêiner com painéis, vai querer cultivar as plantas horizontalmente por algumas semanas para permitir que as raízes se estabeleçam e ajudem a manter o solo no lugar.

Se você tentar plantar verticalmente primeiro, as raízes precisam crescer ainda, então você está lidando com a gravidade puxando seu solo.

Às vezes, as pessoas usam arame e cola para manter as coisas juntas, mas descobri que quando você a planta primeiro e depois a levanta, a planta faz o trabalho.

Você também pode elevar lentamente o recipiente para a posição vertical ao longo de algumas semanas para proteger o jardim.

7. Considere um sistema de irrigação por gotejamento

No início, seu jardim vertical pode precisar de mais manutenção do que um jardim comum no solo ou uma planta de contêiner. Essas paredes vivas são mais compactas e, portanto, têm menos solo, portanto, podem precisar ser regadas com mais frequência.

Regar pode ser complicado, e quanto maior a parede viva, mais eu recomendaria incorporar a irrigação por gotejamento.

Esses sistemas de gotejamento variam de sofisticados, com mangueiras e temporizadores, a opções mais básicas em que orifícios no fundo de vasos ou bolsões permitem que a água goteje.

Você também pode usar um regador como faria com jardins de contêiner padrão, mas você vai querer ter certeza de que a água está sendo distribuída uniformemente.


8. Tenha plantas de reserva

Você pode perder algumas plantas, então vai ter buracos e vai começar a ficar feia. Por isso, mantenha algumas extras como backup. Isso é especialmente fácil se você tiver um jardim em estilo contêiner, onde há mais separação entre as plantas.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.